sábado, 12 de dezembro de 2015

Cachoeira de fogo raríssima gera imagens surpreendentes

O Parque Nacional de Yosemite, que fica na Serra Nevada na Califórnia, é palco para um raro espetáculo que acontece poucas vezes ao ano.
No final do inverno e início da primavera americana, quem estiver passando pelo local pode apreciar e fotografar uma “cachoeira de fogo”. Conhecida como Yosemite Firefall, é um show que dura pouco tempo, apenas dois minutos.
Apesar do nome, o que acontece por lá não são lavas de fogo escorrendo, mas sim a combinação perfeita do horário (final do dia) com o ângulo certo do sol (que só acontece durante essa época). Esses fatores dão a impressão de que a água que escorre pela parede de granito seja bem alaranjada e parecida com chamas (tudo uma ilusão de ótica).

A cachoeira de fogo que era realmente de fogo

Esse “fenômeno natural” é tão importante para o local, que os donos do hotel Glacier Point Mountain House Hotel, que fica na região, faziam uma certa atividade paralela para atrair mais turistas. Fora da época em que a cascata ficava avermelhada naturalmente, eles acendiam uma fogueira na parte de cima da cachoeira. Às 21h em ponto, um mestre de cerimônias gritava “Deixe o fogo cair!” e então pedaços de brasa eram jogados queda d’água abaixo.
Apesar de o efeito também ser bacana, a atividade não durou muito tempo. O governo californiano proibiu a prática porque, né, não é a coisa mais segura do mundo ficar jogando fogo a uma altura de 3.200 pés.
Vai dizer que as imagens dessa cachoeira de fogo não são incríveis?! Eu acho que é até válido comparar a Yosemite Firefall com algumas das nossas quedas famosas aqui no Brasil.
Designer: ♥♥neusa http://neusatemplates.blogspot.com.br//